Verde, vermelho, verde

12 Feb

verde

vermelho

Walk

Num destes dias em que não choveu por uma hora, em Lisboa. E que eu fiquei perdida em pensamentos nos semáforos. Encontrando analogias entre este piscar de sinais e a vida. A minha. O verde. E depois o vermelho. E depois o verde. E eu deixei passar a oportunidade de atravessar a estrada. Pergunto-me quantas vezes isto me acontece – na vida?! Há dias… horas, momentos de desalento. O que vale é que passam sempre, transformando-se no seu contrário. Passa sempre a desesperança. Mas há dias em que é preciso um esforço maior para manter a resiliência.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: