Archive | June, 2014

Iogurte com muesli e muito mais

30 Jun

A começar a semana. E a preparar-me para mais uma manhã de treino, com esta deliciosa e nutritiva taça de iogurte (natural de soja) com muesli (Bio). E muito mais – banana, tâmaras, nozes, amêndoas torradas, sementes de chia e de sésamo, sementes de linhaça dourada e levedura de cerveja.

Almoço diferente

29 Jun

croissant

Gelado silvestre

Um almoço diferente porque é domingo. Porque não me apetece cozinhar, sair do sofá. Um croissant doce com queijo de cabra, folhas de salsa e um fio de azeite. Um sabor diferente, delicioso. E, depois, um gelado de frutos silvestres com leite de coco e manjericão que fiz há três dias. Bendita preguiça. Benditos livros à minha volta. E a música… que sussurra. Também não me apetece sair de casa (ontem à noite andei a festejar o São Pedro). Vou ficar por aqui com A Sentinela (o livro do Richard Zimler).

Fui às compras

28 Jun

Dia de compras

Fica sempre alguma coisa a faltar na minha despensa! Não porque me esqueça de comprar os produtos que costumo consumir, não sou do tipo ‘esquecida’, mas porque não os encontro na íntegra no grande supermercado perto da minha casa (tinha lá ido no princípio da semana, mas continuava a faltar as tostas de castanha e o hummus). Posto isto, acabo por fazer quase sempre uma ‘peregrinação’ quinzenal até um ponto de venda de produtos biológicos. Hoje foi um desses dias. Aproveitei e fui às compras quando sai do ginásio. E antes que os músculos começassem a refilar (Ah, ainda não faço uma alimentação exclusiva bio).

O jantar de sexta-feira é sempre especial

27 Jun

couscous

O jantar de sexta-feira é sempre especial. Porque preparo-o com mais tempo, sem pressa, mesmo que seja tão simples como o de hoje: couscous de espelta com cogumelos, decorado com tomates mini e tirinhas de cenoura. [Junto água a ferver a uma porção de couscous, deixo repousar alguns minutos. À parte grelho cogumelos laminados temperados com flor de sal, numa frigideira própria. E numa outra os tomates mini e as tiras de cenoura. O passo seguinte é envolver o couscous com os cogumelos e decorar com os legumes. Os produtos são biológicos.]

Fim de tarde no rio

26 Jun

O porto

Barco no porto

Cais das Naus

Passear por aqui, devagar, ao fim da tarde. Com os olhos postos no Tejo. No rio, mas também no que me cerca por terra. Os rostos com que me cruzo. As histórias que tento ‘adivinhar’ nesses rostos. Ou não fazer nada disso, e deixar-me ir com os meus próprios pensamentos. Ou de cabeça vazia. Sentar-me. Caminhar. Ver um barco atracar no cais. Acompanhada. Sozinha. É sempre boa esta comunhão!

O mar antes da chuva

24 Jun

Estoril -Cascais

Cascais-Estoril

De Cascais ao Estoril, num sábado luminoso. Antes do Verão, últimos dias de Primavera. Com os pés em junho. Antes da chuva.

E o jantar [acabadinho de fazer]

23 Jun

curgete (cenoura, tomate)

cugete (2 fase)

curgete (1 fase)

Ainda em modo ‘leve’, para depurar o organismo, acabo de preparar este simples prato: fiz pequenas ‘sandwichs’ de curgetes (em forma de cabaça) recheadas com meios tomates (mini), sobras de carne de peitos de peru, palitos de cenoura, e pequenas fatias de queijo de cabra. Temperei com flor de sal e um fio de azeite e levei ao forno. Gosto do resultado!

A começar a semana [cheia de boas intenções]

23 Jun

grapes carrots cheese

Depois de um fim de semana de excessos (que na verdade, começaram logo na sexta-feira), há que depurar um pouco o organismo. Sem dietas rigorosas, apenas com algum bom senso. O que nem sempre é fácil de gerir, é verdade. O instinto ‘aconselhou-me’ um pequeno-almoço assim, fresco e colorido: uvas brancas sem grainha, cenouras e um triângulo de queijo (sobraram algumas uvas). Antes, bebi a habitual chávena de água morna com limão.

Chove (no segundo dia de Verão)

22 Jun

Richard Zimler

E hoje que eu tinha decidido fazer um programa especial na rua, até acordei cedinho para um domingo, fui surpreendida pela chuva a meio da manhã. A princípio não gostei. Mas depois comecei a achar graça a este convite inesperado para ficar em casa. Ir para a cozinha fazer bolinhos. E enroscar-me no sofá a ler um bom livro. Agora estou a adorar. Já tenho um bolo no forno a cozer. E vou começar a ler este livro de Richard Zimler A Sentinela. Gosto muito da escrita de Zimler, por isso tenho a certeza que vou ter uma boa tarde.

Noite de evasão

22 Jun

Real Combo Lisbonense

Foi assim ontem à noite, no Anfiteatro ao ar livre da Gulbenkian, em Lisboa: Carmen Miranda apresentada pelo Real Combo Lisbonense, no âmbito do Programa Gulbenkian Próximo Futuro, Festa da Literatura e do Pensamento da América Latina. Com muito samba e marchinhas. Um programa simpático com amigos.

%d bloggers like this: