E porque é domingo há guloseimas

18 Jan

fatia bolo cana

Feito ontem à noite, saboreado hoje de manhã ao pequeno-almoço – acompanhado de um excelente púcaro de café preto forte e bem quentinho – este bolo que eu chamei bolo escuro, é feito a partir da receita de um bolo de mel que a minha mãe costumava fazer quando eu era pequena. Na verdade, fiz-lhe muitas alterações. Neste o melaço de cana é a verdadeira ‘estrela’. Fiz assim: bati 170 g de açúcar com 4 gemas de ovos (pequenos), uma colher de café de canela, raspa de uma clementina, 1 chávena de melaço misturado com mel de rosmaninho (uma quantidade generosa de melaço para uma pequena de mel), meia chávena de azeite virgem, 100 g de farinha e as 4 claras batidas em castelo, uma mão-cheia de nozes. Levei ao forno a 200 º C. O meu ficou pronto em 40 minutos. Ficou como eu gosto, suavemente cozido no interior com uma espécie de ‘côdea ‘ envolvente, um sabor bem intenso a melaço e um perfume magnífico! Rico em ferro, magnésio e selénio, o melaço é um excelente antioxidante e ajuda a prevenir várias doenças, nomeadamente as cancerosas e as cardiovasculares.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: