Continuar a acreditar

9 Feb

Acreditar

Ser otimista não é ser tola. Acreditar que as coisas podem melhorar, e fazer o que está ao nosso alcance para que assim seja, não impede que nos questionemos sobre as nossas capacidades quando não chegamos lá. ‘O que é que me falta fazer para atingir os meus objetivos? Devo ser mais ousada? E se sim, como?’ Eu faço muitas vezes este exercício de questionamento que aprendi através dos muitos artigos que escrevi sobre comportamento entrevistando muitos especialistas, de cursos que fiz e de alguns meses de terapia. Estou agora lá a praticar este exercício. Mas como um experiente trapezista sobre a corda, tento equilibrar-me. Não posso correr o risco de cair, que neste caso rima com tornar-me obsessiva. Se neste momento não consigo ter uma ideia criativa, capaz de marcar a diferença, então talvez seja melhor ficar por aqui, voltar mais tarde, quando me sentir inspirada e tranquila. A distância dá-nos perspetiva. Entretanto envolvo-me nas tarefas que tenho entre mãos. Sou feliz para além de tudo. Sinto uma alegria genuína perante tudo o que acontece à minha volta, aqui no meu cantinho, por mais pequenina que seja [finalmente as ervas aromáticas recuperaram, agora crescem em vazos na varanda de casa]. Gosto de praticar o humor, especialmente nestes dias em que não encontro respostas. Rir de mim pode ser o melhor remédio. E assim, continuo a acreditar.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: