À espera dos dias de sol

28 Apr

paisagem

Os últimos dias têm sido de guerra entre o sol e as nuvens. Vejo esse braço de ferro logo de manhã cedo ao sair de casa e muitas vezes horas depois quando saio do ginásio. E durante quase todo o tempo elas levam a melhor. Foi assim mais uma vez hoje, dei-me conta quando olhei para o horizonte e fixei o céu. Tenho frio. Voltei a ter frio. E aos casacos quentinhos. E às almofadas de sementes que continuo a aquecer no micro-ondas e distribuir à vez em várias zonas do corpo, o que na verdade tornou-se um vício. Não consigo renunciar a esta leveza de conforto com cheiro de alfazema.

Lá fora, as ruas são passadeiras de gente comum que desfilam muitas estações. Poucas novidades de primavera, não sei se por culpa do tempo se da crise. Eu só sei que eu já olhei omeu guarda-roupa e contei as opções para a estação quente. O saldo foi bem mais positivo do que o da conta bancária. E por isso é ponto assente que vou desfilar a minha vaidade com as escolhas de anos passados. Não me importo! O que eu quero mesmo é que voltem os dias mornos, com muita luz até ao anoitecer. Que venham os dias sorridentes que me contagiam de bons pensamentos, funcionando como janelas com vista para a alegria e a esperança. Estou à espera deles, desses dias!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: