A proximidade da primavera

17 Mar
?

Muro com árvore debruçada

Voltei a arrumar o guarda-chuva, um dia depois do inverno. “Não sei até quando”, penso enquanto saio de casa enrolada num casaco grosso que já apresenta o cansaço da longa estação.

Minutos antes, uma rápida espreitadela no espelho para fixar o cabelo preso num carrapito (está enorme!) devolve-me um reflexo ‘verde’ que grita por dias soalheiros. Saudades da primavera! Agora tão perto. Chega já domingo. Espero que não seja só no calendário!

Quinta-feira: dia de voluntariado. Agora às portas das férias da Páscoa, só voltamos a ver-nos na primavera, para o último período escolar. São dias perfeitos, estes, de grande partilha e aprendizagem.

Faço o caminho entre a minha casa e a Academia a pé, nos dois sentidos. Gosto de caminhar, ajuda-me a por as ideias em ordem. Permite-me novos olhares sobre as coisas. Demorar-me em novos e velhos planos, descortinar outros pormenores.

Hoje, o céu era azul, manhazinha. E havia um grande muro amarelo com árvore despida debruçada. Se a primavera chegar em pleno, sou capaz de a ver enfeitar-se muito em breve!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: