Todos os dias…

10 Feb
?

Enquanto chove, ‘rezo’

‘Todos os dias, um dia de cada vez!’. Aqui está uma frase que soa bem em várias línguas – gosto particularmente da tradução em inglês ‘every day, one day at a time’. Há uma estética interessante nesta frase que se tornou lugar-comum e anda na boca do mundo.

Quem me conhece sabe que não gosto de chavões! Mas este, esta ‘frase mágica’ tento repetir todos os dias, manhã cedinho, às vezes antes do sol nascer. É uma espécie de reza, o meu Pai Nosso, a minha Ave-maria, dita com mais ou menos fervor. Em tudo igual às preces que segredo a Deus na casa Dele.

E às vezes volto a repeti-la (qual poção de esperança e coragem, a receita para não me dar por vencida, acreditando que vai ser melhor no dia seguinte) ao longo do dia, sempre que se torne necessário. Que é o mesmo que dizer quando começo a perder-me em sentimentos e emoções contrárias ao pensamento positivo.

E como dá trabalho esta mentalização contínua! Esta ‘dança’ que se o fosse, pela componente quase trágica, só podia ser tango! Mas como a danço sozinha não pode ser?!

Hoje, a chuva, de novo, trouxe-me a necessidade de várias ‘rezas’ – e ainda a manhã vai a meio! ‘Todos os dias, um dia de cada vez’. Agora em inglês: ‘every day, one day at a time’. Se manter esta cadência talvez vá ‘sobreviver’ até à noite! No fim, eu sobrevivo sempre! ♥♥♥

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: