Chuvinha irritante ao fim da tarde

6 Mar

As árvores e o céu, num dia de chuvinha irritante

E aqui vou eu lançada, preparadinha para falar sobre o tempo: dos cenários de sombra sobre Lisboa, da chuva e do sol que se vão alternando pela cidade. E, é claro, dos meus humores a reboque destas ‘branduras’.

Um dia encho-me de esperança, no outro nem por isso… E no final sou eu numa procura constante de equilíbrio.

E tu, aposto, a achares tudo isto uma chatice, pois estás farta(o) de ‘ouvir’ quase sempre a mesma coisa.

Mas hoje ainda não tenho novidades! Por outro lado, não resisto a um bom plano de sombras ou luz recortado pelas árvores em diferentes etapas – enquanto umas são uma soma de trocos despidos, outras já estão a florir a caminho da primavera. Convivem e disputam-se, desafiam-se umas às outras para os lados de Telheiras. E se há fotografia, há texto!

Esta tarde, por volta das seis e pouco a penumbra atingia o jardim. Vai anoitecer mais cedo, pensei, enquanto uma chuvinha irritante teimava em molhar-me a cara. Lá em cima, uma árvore despida esticava os braços para um céu cheio de nuvens molhadas. A segunda-feira (quase) chega ao fim.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: