Tag Archives: chocolate

Mato por um chocolate!

7 Aug
?

Uma espécie de sobremesa

Há dias assim, em que vai tudo à frente se não nos fizermos a vontade de comer um bom quadrado de chocolate, um bolo ou um gelado desta delícia negra ou de leite. Continue reading

Advertisements

Chocolate puro!

20 Apr

Corallo 1 Corallodark chocolat

[Ainda redescobrindo Lisboa]. Conheci o novo espaço da Corallo no Príncipe Real, onde o chocolate puro e o café são as estrelas. Eu não resisto ao primeiro, vindo diretamente de São Tomé e Príncipe. Desta vez escolhi este pequeno retângulo de chocolate preto com gengibre. [Eu e o gengibre! Não conseguimos largar-nos!] Esta tarde vou entregar-me a este prazer, de saborear minúsculas porções. Sem pressas. Para derreter na boca. Devagar. Mordiscando aqui e ali o gengibre. Quase ao mesmo ritmo!

Anjinhos e chocolates com sabor a violeta

2 Dec

anjos 2

Não posso dizer que me apanhou desprevenida. Ou que não gosto destes dias secos, cheios de luz. Mas a melhor lembrança de primeiros de dezembro, distantes, sou eu a brincar às escondidas com o nevoeiro.

Num outro lugar. Em casa, à volta da lareira. Com os olhos postos na janela. A escolher os musgos para o presépio, com a minha mãe. A escolher o pinheiro para a árvore de natal, com o meu pai.

Agora, há muitos anos que não faço o presépio. E este ano é provável que também não faça a árvore. Mas já distribui umas bolas numa taça. E tenho um anjinho bojudo, com umas asas mágicas e as mãos em oração, a olhar para mim. Sinto-lhe a ternura.

Envolvi-me em decorações depuradas, pequenos apontamentos, no dia da independência. Sem direito a feriado. E logo de manhã cedinho ficava tudo encenado.

Gosto de passar os domingos de outono enroscada em mantinhas, com chá e livros por perto. Mas, no princípio da tarde, decidi adiar este prazer simples. E atrevi-me a enfrentar o frio.

Chocolate

Movida pelos sentidos. À procura de presentes simples. Vou direta às prateleiras gourmet do chá e dos chocolates, os dois produtos certos para dar em qualquer ocasião. O segundo talvez seja ainda mais consensual!

Por isso, não levo muito tempo a descobrir umas bonitas embalagens de chocolate. Não é português, é verdade, e chego a recriminar-me por ser tão pouco protecionista. Ainda mais neste tempo!

Mas fiquei encantada com as pequenas caixas de Mr Stanley’s. Têm o peso certo, apenas 90 gr, reunidas em dez bombons em forma de pequenas bolachinhas.

Comprei uma para mim, a de chocolate preto revestido de creme de violetas – também há com creme de rosas e creme de limão. Deliciosamente diferente. Está decidido: vai ser o meu presente de natal para os amigos!

Prazeres solidários

18 Sep

pepita recortada

Outra vez para os lados de Picoas, não tenho como fugir da Loja de Comércio Justo! Depois que descobri a Pepita de chocolate com laranja, não resisto.

Adoro sentir esta profusão de sabores vinda de várias partes do mundo num quadrado de chocolate que se derrete suavemente na boca – a pasta de cacau do Equador, o açúcar de cana do Paraguai, a essência de laranja da Tanzânia, e por aí a fora …

Faço sempre um enorme esforço para não me perder na prateleira dos chocolates e comprar uma única embalagem de 90 g. Desta vez consegui – o que não acontece sempre, admito. Mas não resisti a trazer ‘mais uma coisinha’ do outro lado do Planeta: um sabonete vegetal feito na Palestina, à base de azeite virgem extra, escolhido pela simplicidade da embalagem.

Gosto de embalagens, das mais simples às mais exuberantes. Esta é simples e suave.

Seja como for, agrada-me comprar no comércio justo, visto tratar-se de um modelo de desenvolvimento “baseado na economia solidária”, que valoriza as pessoas e o trabalho coletivo, a igualdade e a cooperação “face à competição e concentração de riqueza nas empresas transnacionais”.

Levada também por esta ideia, já estou a planear a minha próxima compra: o arroz preto produzido na Tailândia por um projeto que envolve dez famílias produtoras. É riquíssimo em ferro, fibras, vitamina E e magnésio.

Só preciso de saber se há alguma forma especial de o confecionar. Mas isso vou perguntar na própria loja.

%d bloggers like this: