Tag Archives: nevoeiro

Nevoeiro de março

28 Mar

Terça-feira de manhã, com nevoeiro sobre Lisboa

Confesso que fiquei confusa esta manhã, manhã cedinho, quando ainda a arrastar-me de sono abri a janela do quarto. Continue reading

Advertisements

Nuvens, nevoeiro e sol a sul

17 Oct

 

nevoeiro-com-capela-ao-fundo

ceu-com-nuvens

Outubro suave a sul. Manhãs frias, tardes mornas, noites frias. Continue reading

A serra e o mar

13 Jul
?

No caminho de Sintra para o Guincho, quase a chegar ao destino

?

Paisagem com nevoeiro

?

O mar, a serra e o céu

É um caminho fantástico o que liga Sintra ao Guincho! De paisagens exuberantes. Continue reading

Com um pé em cada estação

10 Jul
?

O mar da Ericeira

?

Manhã de verão na Ericeira, com nevoeiro sob o mar

?

Praia do Guincho com sol e vento

?

No Guincho, entre areia e rochedo

?

A maré enche na Bafureira

Com os termómetros a subirem consideravelmente logo nas primeiras horas da manhã de ontem, sábado, Continue reading

Dias de nevoeiro

27 Nov

Nevoeiro

O nevoeiro. O frio a roçar-me o nariz. Ajeito o lenço de lã por baixo dos olhos, ajeito os dedos nas luvas. E caminho. Inspiro a manhã. Hoje saí de casa sem rumo certo, sem destino. Não cumpri as ‘cerimónias’ de sempre, dos dias que começam. Não me apetece cumprir horários Apetece-me inspirar este ar quase gélido, caminhar para lugar nenhum por entre o nevoeiro branco, denso. Às vezes preciso disto. De purificar-me assim!

Tantas estações numa só

27 Sep

jardim e as flores

Ah, estes últimos dias de setembro estão a ser uma aventura. [E ao mesmo tempo dou-me conta de como passou depressa mais este mês! ] Sai de casa de manhã, numa manhã cinzenta com brisa fresca, e dei por mim a pensar no Natal. Fiquei com tanta vontade de ir buscar a caixa com as figuras do presépio, as bolas e as luzinhas, e de começar a montar este ritual de aconchego. Mas voltei para casa a passo apressado, a controlar este impulso infantil. Tanta coisa para fazer, até as compras, mas a despensa ‘grita’ que não posso adiar mais. Quando sai novamente de casa já se ouviam os trovões, a chuva desabou enquanto eu desfalcava a conta bancária [não, não vou falar de crise, esse assunto já esgotei ontem num artigo]. E depois veio o sol, novamente quente. Nos jardins, os pequenos arbustos secaram completamente, e as flores ficaram viçosas novamente. E eu penso que afinal não é assim tão mau num tão curto espaço de tempo ter duas ou três estações. É como se tivesse viajado para o outro lado da Terra.

Primeira manhã de outono

23 Sep

Primeiro dia de outono (manhã cedinho)

Ficou assim, minutos depois de eu ter saído de casa! A cidade coberta de nevoeiro para estes lados, enquanto eu caminhava para o ginásio, a sentir um frio suave no rosto. Há um novo respirar no primeiro dia de outono, na primeira manhã de outono.

Manhã de nevoeiro

6 Mar

Manhã 'branca'

Manha com nevoeiro

Linda, esta manhã branca de nevoeiro. Neste lado da cidade. Estava assim há pouco mais de uma hora, quando acordei. Agora vai-se abrindo lentamente, envergonhada, trazendo contorno às formas (dos prédios e das árvores). E esperança de um dia de sol redondo e amarelo aos que tem saudades da primavera, com tempo bom. Espero que seja uma quinta-feira morna. Que me espere uma carícia.

%d bloggers like this: