Tag Archives: pancakes

Rituais de sábado

5 Mar
?

Panquecas de banana

Há quase um mês que não conseguia ter uma manhã de sábado assim: Continue reading

Dia de panquecas

21 Nov
?

Panquecas de sábado

Hoje é dia de panquecas. Continue reading

Prazeres de fim de semana

28 Jun
?

Panquecas com xarope de morango

Há muito tempo que não me mimava com umas panquecas ao pequeno-almoço! Continue reading

Dia de panquecas

22 Mar

Panquecas

E foi assim, esta manhã, porque é domingo: panquecas simples quentinhas (1 ovo, 1 chávena de farinha, 1 chávena e meia de leite magro), recheadas com mel de rosmaninho e canela. Acompanhei com uma enorme caneca de café preto. Tudo sem pressas, porque o dia é de preguiça.

Guloseimas de domingo

11 Jan

panquecas

Adoro domingos a preguiçar no sofá, entre jornais e livros, cafés e chás. E adoro lanches de domingo, saboreados lentamente, sem pressas. E bonitos. Faço questões que o sejam! A maior parte das vezes não almoço. Vou petiscando fruta e iogurtes ao longo do dia, uma mão-cheia de frutos secos, e à noite como um creme de legumes confecionado na hora – de um legume apenas, como eu gosto [hoje reforço os meus níveis de ferro com um de favas com coentros]. O prazer está no lanche, escolher o que comer a meio da tarde, e prepará-lo com mimo sempre renovado a cada semana, indiferente a gorduras e calorias. Domingo é dia de pecado à mesa, vale quase tudo. Hoje elegi panquecas, as clássicas – 1 ovo, 1 chávena de farinha e outra de leite – mergulhadas num delicioso xarope com casquinhas de clementina que preparei. Com café preto, forte e quente. São guloseima de domingos que ajudam a enfrentar o frio de janeiro!

Lanches que confortam

4 Nov

Crepes

Hoje é dia de mimos: estar com os amigos, namorar as montras mesmo que não compre nada, perder-me no cento de Lisboa. E já em casa ouvir música clássica enquanto trabalho, acender velas para espantar as nuvens cinzentas (que espreitam hora sim hora não pela minha janela), bebericar chá de menta e deliciar-me com uns crepes quentinhos, feitos de prepósito para um lanche confortável de novembro. Recheados com mel e canela, acompanhados com frutos do bosque e romã. Perfeitos!

Assim vai o primeiro sábado de agosto

2 Aug

Pilates autentico

omelete de fruta

Mais um programa de praia adiado. O tempo anda a brincar comigo – quando eu ‘apareço’, o sol desaparece. Por isso, a manhã fez-se sob o signo da rotina: acordar com despertador. E porque hoje é sábado, acordar com despertador para não faltar à aula de Pilates (autêntico). Ir e voltar, e aproveitar a tarde morna e cinzenta para ler. Ler, sem distrações – é isso que vou fazer de seguida. Entretanto ‘pulei’ o almoço, optando por uma espécie de pequeno-almoço reforçado, já que não tendo fome e tendo acordado atrasada para o ginásio, manhã cedo, optara por beber 200g de leite fermentado e comer 2 nozes (enquanto me preparava para sair). No regresso, às 13h30 fiz uma omelete de fruta, (há quem lhe chame panqueca, como as minhas ficam mais tipo omelete eu prefiro chamá-la desta forma) : 1 banana e um pêssego esmagados, ambos pequenos e maduros, 2 ovos, 2 colheres de sopa de aveia integral, 1 de linhaça e outra de sementes variadas (reduzo a totalidade das sementes num moinho de café) e duas de gérmen de trigo. Comi com molho de alfarroba (desfaço 2 colheres de café de farinha de alfarroba e em 2 de água). Muito bom!

Acordar mais cedo para comer panquecas

16 Jul

Pancakes + sugar syrup

Fui para a cama a pensar em panquecas. Pronto, admito. Por isso, manhã cedinho, às seis horas e quarenta e cinco minutos, precisamente, decidi ir para a cozinha fazer duas para o meu pequeno-almoço. Como queria que me fornecesse uma boa dose de fibras e proteínas, para enfrentar melhor dia, resolvi seguir uma receita que a Aninhas (uma colega do ginásio) me deu, com ligeiras adaptações de última hora. Fiz assim: juntei dois ovos inteiros, duas banana esmagadas, duas colheres de sopa de gérmen de trigo e outras duas de sementes Omega (Bio) – uma mistura de sementes variadas. Adoro panquecas bem douradinhas, recheadas sempre de coisas diferentes. Desta vez usei melaço de cana  e adorei a explosão de sabores espoletada por este ‘xarope de açúcar’. Acompanhei com chá de gengibre, limão e canela.

Panquecas (com canela e amendoim)

4 Jul

Paquecas +amendoim

E hoje houve panquecas, manhã cedo. Estas levam um ovo, uma banana, uma chávena de farinha de arroz e uma chávena de leite de arroz. Polvilhei com canela. Experimentei um recheio doce (de morango), e depois de pasta de amendoim. Prefiro com o amendoim. Também são boas só com canela. E também gosto delas frias.

Bom dia Verão

21 Jun

panquecas+abacate+chia

Há muito tempo que isto não acontecia, mas foi bom! Foi bom acordar mais tarde – já eram 10h 45 –, e não ir ao ginásio. [Às vezes também preciso transgredir. Não posso ser tão exigente comigo própria, o tempo todo.] E acolher o primeiro dia de Verão, embora instável, um pouco cinzento, com cerimónias e máxima concentração. Abrir a janela e respirar devagar, sentido fisicamente esse movimento. É como se meditasse, só que de olhos abertos, pois não quero perder cada pormenor desta manhã primeira de uma nova estação. A dança da Natureza. [Tenho a vantagem de ter casa com vista para um pequeno jardim. Quando as árvores se espreguiçam, os seus braços quase chegam ao parapeito da minha janela]. E depois, a um ritmo igualmente lento, sem pressas, preparar um pequeno-almoço especial. Em modo ‘com fome de guloseimas, continuação, e ao mesmo tempo quero criar um prato bonito e colorido para abraçar o Verão’, acabo por eleger as panquecas simples de sempre que faço em 15 minutos. Junto uma chávena de farinha, outra de leite magro e um ovo para obter a massa. Recheio com o meu doce de morango ‘homemade’. Porque é um dia especial, sirvo-as com gomos de abacate e sementes de chia. Acompanho com uma boa caneca de café preto, bem forte, pois não há melhor conjugação. Bom dia Verão.

%d bloggers like this: