Tag Archives: pôr-do-sol

Dias do princípio de abril

7 Apr

Do Jardim da Luz à Quinta dos Inglesinhos

Às vezes sou um pouco ‘bichinho’? Prefiro acreditar que sou de luasContinue reading

Advertisements

A caminho do fim de semana

24 Feb
?

A primavera nas árvores

?

Céu com muitas cores

Sexta-feira do meu contentamento! Continue reading

Os dias, as noites e eu

6 Feb
?

Quando o dia começa, quando o dia acaba

a-primeira-hora-da-noite

anoitecer

As sombras dão lugar à luz, primeiro desenhando uma barra alaranjada no céu. Suspensa sem molas ou outros artifícios. Continue reading

Da noite para o dia

12 Jan
?

Entardecer na cidade

?

Manhãs brancas de janeiro

São agora assim os dias de meio de janeiro: sem chuva, com frio às vezes, Continue reading

Mais mar, mais pôr-do-sol

18 Jul
?

Bafureira na maré vazia

?

Entardecer no mar

?

Pôr-do sol, no mar e na terra

?

Planos de pôr-do-sol

?

Paisagem com lua

?

Maindfulness

Sábado a escaldar: voltámos à praia com vontade de sol e sal sobre a pele, Continue reading

Instantes de mar

3 Oct
?

O mar das Avencas, com barco à vela

?

Hora de gaivotas, últimos momentos de praia

?

Regresso com vista – sempre para o mar

?

Toldos sem gente, ao final do dia

?

E depois veio o pôr-do-sol

Sexta-feira, ontem, último dia de praia, talvez. Continue reading

Da Bafureira a Sintra

19 Jul

Bafureira com nevoeiro

?

Chegada ao Guincho

?

pôr-do -sol no Guincho Pôr-do-sol no Guincho

?

Praia da Adraga ao anoitecer

Ainda a Adraga

?

Os últimos banhistas da Adraga

A noite em Sintra

Ontem voltámos à Bafureira – a praia é linda com os seus rochedos e os pequeníssimos cantos de areia, não há muito gente, é relativamente sossegada e perto de Lisboa. Continue reading

Fim de tarde

6 Oct

Fim de tarde

Enquanto há sol e os dias de outono são mornos. Era assim, hoje, bem à tardinha. Na primeira segunda-feira do mês. Finalmente, voltar a casa. E descansar!

O mar e o rio (the sea and the river)

18 Jun

Furnas RM

Furnas (o mar e o rio)

Furnas (rio+mar)

Furnas(o rio e o mar)

Fim de tarde nas Furnas (Costas Alentejana). Onde o mar e o rio se encontram. [Silent, quiet and beautiful]

Do Rato ao Chiado

18 Apr

grade

grade 1

Condes

Condes 1

S.Jorge

S.Jorge 1

É um dos programas que mais gosto de fazer e há muito que não fazia: caminhar com tempo entre o Rato e o Chiado, assim neste sentido. E parar para admirar tudo o que chamar a minha atenção. Por ser belo ou ser diferente, ser uma novidade. Mas ontem, nem sequer estava nos meus planos ir por ali. Foi a Sofia (uma amiga) que me desafiou a fazer o percurso, neste fim de tarde magnífico, ainda cheio de sol e de calor. De facto, sob estas condições, numa véspera de feriado, quem lhe apetecia ir para casa? Lisboa estava linda sob a luz do entardecer!

%d bloggers like this: