Tag Archives: sementes de sesamo

Tofu com algas

15 Jul

tofu com algas

Simples. Perfeito o meu jantar. Tofu wok algas (Bio) pré-cozinhado (comprei no Celeiro) que aqueci à hora numa frigideira. Acompanhei com uma salada simples de alface temperada com um fio de azeite, umas gotas de limão e sementes de sésamo. E um chá de menta, que ainda continuo a bebericar.

Advertisements

Iogurte com muesli e muito mais

30 Jun

A começar a semana. E a preparar-me para mais uma manhã de treino, com esta deliciosa e nutritiva taça de iogurte (natural de soja) com muesli (Bio). E muito mais – banana, tâmaras, nozes, amêndoas torradas, sementes de chia e de sésamo, sementes de linhaça dourada e levedura de cerveja.

O regresso à rotina

22 Apr

muesli+maça

Já sentia falta destas malgas de muesli com iogurte natural de soja (ou leite), fruta fresca e frutos secos! Os dias têm outra cor quando começam assim, cheiinhos de proteínas e antioxidantes. Com misturas de sabores frescos e sementes, de texturas crocantes. Também vou voltar às saladas (confesso, com os olhos postos no bom tempo, na transparência das roupas de verão, na praia!). Também não vejo a hora de ousar fazer um daqueles batidos que nos preparam para o treino, ou ajudam à formação de músculo depois dele. De espinafres ou limão, agriões e frutos do bosque. Talvez comece já amanhã. Hoje comecei assim, com esta mistura de iogurte e muesli, uma colher de levedura de cerveja, framboesas e maçã. Tudo polvilhado com sementes de chia e sementes de sésamo.

O jantar

25 Mar

dinner 1

dinner

Na dúvida, há salada. Gosto de saladas. Ao almoço, mas também ao jantar. Faça calor ou frio, gosto de comer saladas. Todas as saladas que a minha imaginação consegue criar. Hoje fiz assim: agrião, fatias de fiambre de peru, fatias de queijo, cubos de queijo President, fatias de abacate e tâmaras, um fio de azeite. E polvilhei com sementes de sésamo. Depois de um dia com alguns excessos ao almoço e ao fim da tarde, este era o jantar!

Antes e depois do ginásio

10 Mar

bebida soja

Sair da cama cedinho, ainda com as sombras da noite lá fora. Às seis e quinze. Para às sete estar no ginásio. Assaltar o frasco das nozes, que vou mordiscando com fatias finas de peru enquanto preparo um chá. Preto, para ajudar a ‘abrir a pestana’. Estive tão ocupada durante o fim de semana que não tive tempo para ir às compras – tenho o frigorifico vazio. Paciência! Improviso. À tarde trato disso. No regresso ainda consigo um resto de ingredientes certos para um batido depois do treino: bebida de soja, agriões, kiwis, sementes variadas e avelãs. Sentada no chão com o sol pelos joelhos, ‘alimento’ o músculo e ganho um pouco mais de  energia para o dia.

Sábado, antes e depois

22 Feb

Pa

batido pt

Tive muita vontade de ficar na cama. Não ir ao ginásio. Hoje, sábado, fim de semana. Fim de uma semana atípica, como não tinha há muito tempo! Andar de um lado para outro, de uma ponta para a outra da cidade, com chuva…O cansaço provocado por este rodopio, a ansiedade pelo facto de ter saído da minha zona de conforto. Mas como posso faltar ao ginásio, ao meu treino? Às aulas de Pilates, de cyclinking ou localizada? Como ‘abrir mão’ do que mais gosto de fazer? Como abrir mão do que me faz sentir feliz? Do que me desafia e eu supero com tanto orgulho? Como posso deixar o meu corpo sem alongamentos? Não posso! Por isso fui. Antes e depois, cumprindo os rituais do costume. Comi para treinar e depois para recuperar do treino. Assim:

Antes do treino:

Iogurte natural de soja Morangos Avelãs Sementes de chia Flocos de aveia integral

Depois do treino:

Bebida de soja natural 1 Mão-cheia de espinafres 3 Morangos  • 1 Colher de sopa levedura de cerveja1, 5 Colher de sopa de sementes (chia, sésamo, linhaça dourada)3 Nozes

De volta ao cycling

31 Jan

Não sei se é para ficar?! Não tenho tempo para tudo. [E Pilates continua a ser a grande prioridade que vou preparando e completando com o treino em sala, alongamentos e às vezes uma aulinha de localizada]. Mas estou de regresso ao cycling. Foram umas longas férias! Adorei voltar a pedalar. Agora muito mais centrada no abdómen e na importância de o manter permanentemente contraído, tudo noções que o Pilates autêntico tem vindo a dar-me. E adorei a sensação de ter trabalhado outros músculos. De forma ainda mais intensa. E, no regresso a casa, apeteceu-me celebrar esta reiniciação com um novo batido, ‘inventado no momento’. Correu muito bem. ‘Et volà’: uma mistura com sabor intenso a agrião (a roçar a acidez, como eu gosto!)

Preparação: Levar à liquidificadora os seguintes ingredientes: 1 copo de bebida de soja, 1 colher de sobremesa de linhaça dourada, 1 colher de sobremesa de sementes de sésamo, 2 tomates cherry, 1 colher de sobremesa de levedura de cerveja, 3 nozes, 1 molho pequeno de agrião baby

%d bloggers like this: