Tag Archives: spinach

Hoje, comecei assim

12 Oct
?

Bolachas de arroz, fiambre e espinafres

Mais uma semana a começar. E depois da prevaricação de domingo Continue reading

Advertisements

A recuperar (do treino)

15 Feb

batido pt

batidos pt

[Mais um post sobre comida] A repor energias depois do treino e a ajudar a formação da massa muscular com este hidratante e bonito batido. Para o efeito, misturei alguns dos meus ingredientes favoritos na liquidificadora. Eu não uso, mas uma pequena colher de mel pode ser suficiente para cortar a acidez do espinafre, caso a manga não seja muito doce.

Meia manga

1 Kiwi

1 Mão-cheia de espinafres

Um pouco de água filtrada

Uma colher de café de levedura de cerveja

5 Avelãs

Proteína pela manhã

13 Feb

PA Hoje

Hoje

O conselho persegue-me assim que abro a pestana: a importância de comer proteína ao pequeno-almoço. Porque o treino é duro. Sempre. O que muda é o tempo de atividade. E a modalidade. Quando a preguiça não me permite pensar uma nova ementa que vá ao encontro desta necessidade, ou acordo tarde, há sempre a saída clássica: espinafres e fiambre de peru e uma mão-cheia de nozes, castanhas ou avelãs (enquanto a água ferve para fazer um chá verde açoriano) Depois é preparar e empratar. Pena que nunca há tempo para decorações (mesmo assim, os meus rolinhos de fiambre com espinafres estão cada vez mais perfeitinhos, esteticamente falando). Hoje foi um desses dias de rolinhos de espinafres. Os melhores amigos dos atletas!

Dia de compras

10 Feb

Compras

Não tinha a despensa propriamente vazia. Mas já precisava reforçá-la! Pelo menos no que respeita aos produtos que consumo mais. De regresso das compras, com tudo isto (na foto). Mais frutos secos, cogumelos, espinafres, entre outras coisas. Agora, vou planear os almoços e jantares da semana.

Almoço de sábado

8 Feb

Almoço de sexta

Bem leve e simples o meu almoço de sábado, depois de ter dormido quase doze horas seguidas (estava mesmo a precisar!) : uma sopa de espinafres e um prato de fruta e iogurte. Acompanhei com uma chávena de chá verde. Acho que vou continuar ’em câmara lenta’. O meu corpo aconselha-me a abrandar. E eu escuto-o sempre.

Sopa de espinafres

1 Molho grande de espinafres

1 Batata-doce (tamanho médio)

1 Cebola pequena

Sal

1 Fio de azeite

Reduzo os ingredientes cozidos a puré, deixo arrefecer um pouco e junto um fio de azeite.

Prato de fruta e iogurte

1 Porção de iogurte de Soja natural

1 Kiwi

2 Nozes

2 Tâmaras

1 Colher de sobremesa de sementes de chia e de sésamo

Groselhas

Batido pré-treino (para quem gosta de espinafres)

23 Jan

Mudei de treino no princípio desta semana, depois da avaliação. Estou tão orgulhosa! Estas provas vêm continuamente reforçar a minha vontade de trabalhar. O meu empenho. Mas também a minha autoconfiança e autoestima. Cada passo em frente faz-me criar novos objetivos de superação, e nesse sentido ajusto-me cada dia mais a uma vida mais saudável e equilibrada. O que passa forçosamente pela alimentação. Passei a comer também para treinar e, nesse sentido, venho investigando e adaptando receitas. Nomeadamente de batidos pré-treino. Tomo um, quase todos os dias. Antes de ir para o ginásio. Hoje foi este rico em hidratos de carbono, a que eu chamo Batido Verde para quem gosta de espinafres. Eu abuso deles!

Receita:

• 1 Copo de leite de soja natural

• 1 Maçã verde (também gosto com abacate e preparo-me para experimentar outros frutos)

• 2 Colheres de flocos de aveia e 1 colher de sementes várias (linhaça dourada, chia e sésamo)

• Um molho de espinafres

Levar à liquidificadora até obter uma mistura homogénea.

Energia e mais energia

17 Jan

rolinhos de espinafres

[Aí vem ela outra vez falar de comida!] É verdade. Não há volta a dar. E hoje para dizer que estou de regresso aos meus rolinhos de fiambre de peru com espinafres, nozes e castanhas. Começo a habituar-me a esta primeira refeição do dia, extremamente prática de preparar. Em três ou quatro minutos tenho o tabuleiro pronto. Quando estou atrasada para o ginásio, mais cansada, preguiçosa, não me apetece ficar uns minutos ‘à volta’ do fogão (a cozer umas papas de aveia), ou ouvir o barulho do copo misturador (enquanto preparo os meus sumos ou batidos hidratantes e energéticos), esta fusão de proteína é o tipo de aposta segura. Por isso, embalagens de fiambre de aves e espinafres passaram a ser duas presenças constantes no meu frigorífico. As nozes e as castanhas há muitos que são residentes fixas da minha dispensa. Pronta para mais umas horas de exercício. Ou qualquer outra atividade.

%d bloggers like this: